slider img

Praia Grande

Pouso a toalha Estico-me ao sol
Era uma praia muito grande




Saiba Mais
slider img

Praia Grande

Pouso a toalha Estico-me ao sol
Era uma praia muito grande




Saiba Mais
slider img

Praia Grande

Pouso a toalha Estico-me ao sol
Era uma praia muito grande




Saiba Mais

Praia Grande

      História da Praia Grande, livro escrito por João Paulo Seara Cardoso, foi a peça que escolhi para ponto de partida do projeto Praia Grande. É uma história de amor em tempo de guerra.  Numa Praia Grande havia duas colônias, uma de Pinguins e outra de Pelicanos, quem se aproximava, logo percebia que era proibido aos pinguins falarem com os pelicanos. Contudo, o jovem Pinguim Matias e o Pelicano Gabriel, depois de uma guerra ter rebentado entre as duas colónias, conseguiram fazer tudo para resolver esse grande problema. A vontade de criar laços e romper a barreira entre o território foi alcançada pela grande amizade entre os dois. Pelo meio há muitas peripécias e até uma grande história de amor. Muito importante foi perceber que a Paz pode ser alcançada, sempre que olhamos o outro com respeito, carinho e vontade de ver.

Praia Grande


      Numa praia de um mar distante, uma fronteira de rochas negras divide dois territórios. No lado oeste vive uma colónia de pinguins, no lado este vive uma colónia de pelicanos. A relação entre estes povos é muito pouco pacífica e um dia uma guerra terrível rebenta. O jovem pinguim Matias, com o seu espírito inconformado, e o seu amigo pelicano Gabriel, que vive um intenso caso de amor, partem em busca do peixe da cabeça de ouro. Um enigma mágico resolvido e sete dias de fome conduzem finalmente a um acordo de paz celebrado entre os chefes das duas colónias: O Pinguim Imperador e o Pelicano Real. Uma bela festa tem lugar na Praia Grande e Gabriel reencontra a sua amada. Uma história de amor em tempo de guerra.

Esta história é dedicada à paz. João Paulo Seara Cardoso (1956-2010).

      Praia Grande, é um lugar onde a equipa do projeto deseja criar e contribuir para capacitar uma vasta comunidade da qual fazem todos parte, as crianças, os familiares, os técnicos e auxiliares na direção do apaziguamento e maior facilidade em perceber e viver de forma mais suave e menos violenta.

A Praia Grande representa a bela cidade do Porto, cidade junto ao mar, representa o espaço onde nos vamos inventar em conjunto, tomando consciência de si e do outro, dos valores e dos laços, das emoções, dos desafios da vida contemporânea tão acelerada e exigente e dessa forma unida, próxima e transversal (crianças, famílias e técnicos/auxiliares) contribuir para um mundo menos violento, mais atento, mais sereno e sobretudo menos cáustico.

A Praia Grande vai continuar a existir para os meninos que por ela passarem, o objetivo é não a perderem de vista. Praia Grande fala das diferenças, da amizade e do amor, é um hino contra a guerra, porque todas as guerras são terríveis e podem deixar lesões, Praia Grande é o nosso hino, a nossa mensagem para a Paz.

Isabel Barros






Nossa ambição

     Conseguir trabalhar a temática da violência entre pares através da arte e da psicologia, com uma equipa muito motivada para contribuir na construção de um mundo mais harmonioso. Desenvolver uma cultura de paz e não-violência na escola, mas também fora da escola, na família e em sociedade. Ver na Praia Grande, o lugar da cidade onde é possível viver o mundo de forma tranquila e alegre. Construir muitas Praias Grandes, onde todos importam e onde todos encontram propósito.



Hino

Era uma praia

muito grande

pouso a toalha

estico-me ao sol

fechos os olhos

escuto o mar

construo castelos

encontro muitos amigos

brincamos e juntamos muitos corações



Notícias

blgo image

Praia Grande na EB da Corujeira

A sala A e EB da Corujeira iniciou o projeto " Praia Grande", da responsabilidade da Divisão Municipal de Programas Educativos e cuja entidade promotora é o Ballet Teatro Contemporâneo do Porto

Saiba mais